/ptfaq.php

FAQ - Dúvidas Frequentes:

- É permitido o voo triplo?
Não, só é permitido o voo duplo = instrutor + acompanhante


- Com quanto tempo de antecedência devo realizar a reserva?
Vai depender da época – na alta temporada (meses de férias, verão e feriadões) a procura é muito grande. Como cada piloto só pode realizar 4 voos por dia, então é bom reservar o quanto antes para garantir a sua vaga.

- O voo é realizado da Pedra da Gávea?
Não, decolamos da Pedra Bonita (520 metros de altura), dentro do Parque Nacional da Tijuca, ao lado da Pedra da Gávea. O ponto de encontro é na Praia do Pepino, em São Conrado, em frente ao quiosque Skol Voo Livre. Dali vamos para o Clube de Voo, onde você vai se associar (pagando uma taxa de 40 reais) e assinar um termo de responsabilidade.

- Porque tenho que me associar ao Clube de Voo?
Para que você possa realizar o voo duplo, é necessário ser um aluno de voo. Não é permitido o mero voo panorâmico ou turístico em aeronaves experimentais (como as asas, parapentes e ultraleves motorizados), somente o voo de instrução, segundo as normas vigentes da aviação, sob o controle da ANAC. Portanto, para que você seja um aluno mesmo por apenas um único voo, é necessário estar matriculado no CSCVL e assinar um termo de responsabilidade no qual assume que conhece os riscos inerentes ao esporte.

- Quais são os riscos?
Como qualquer modalidade de aviação, há riscos envolvidos mas totalmente administráveis na operação. Dependemos principalmente de três fatores fundamentais: humano (experiência e preparo do piloto), material (condições do equipamento – adequação, estado, manutenção regular etc) e o ambiental (condições atmosféricas adequadas à realização da atividade). No caso do voo duplo, exige-se uma curta mas não menos importante participação do aluno na decolagem com uma corrida). Porém, Considere as estatísticas - a probabilidade de acidentes é praticamente desprezível, desde que você escolha um piloto experiente e prudente. Nós da FlyTourBrazil voamos há quase três décadas por milhares e milhares de vezes sem nenhuma ocorrência negativa.

- Qual a diferença entre asa e parapente? Qual o mais seguro?
As asas têm uma aerodinâmica melhor, produzem menos arrasto e voam mais velozes graças à sua estrutura, formato, e posição de voo. Na asa você voa deitado ao lado do instrutor, em um nível ligeiramente acima. Os parapentes possuem um voo mais lento, e sua posição de voo é sentado à frente do instrutor. A asa, pela sua posição de voo, é mais “pássaro” e aerodinâmica, com uma completa visão para baixo, mas os parapentes são os mais indicados para alunos pesados (acima de 90 a 95 kg) devido à sua maior área vélica, o que gera mais sustentação. Em condições normais e com pesos equivalentes, o tempo no ar é praticamente o mesmo.A segurança do voo depende do piloto e não do equipamento, pois apesar de haver diferenças operacionais entre asas e parapentes, é ele quem decide se decola ou não nas condições mais críticas.

- E quanto aos equipamentos de voo? São confiáveis?
Só usamos os melhores, não há improvisação! São equipamentos de primeira linha, renovados periodicamente e mantidos com rigor aeronáutico. As aeronaves, cintos e paraquedas de emergência são fabricados por conceituadas indústrias especializadas e com muita tradição aeronáutica. Portanto, fique tranqüilo - nosso intuito é curtir o voo livre dentro do maior padrão de segurança possível.

- Qual a melhor hora para se voar? Dá para voar em um dia nublado?
Normalmente pela manhã os voos são mais tranqüilos, e à tarde um pouco mais turbulentos devido ao aumento do vento. Para um primeiro voo recomendamos marcar pela manhã. Quanto às nuvens, dependendo de seu tipo, altura e deslocamento, podem significar voos excelentes ou também provocar o seu cancelamento. O vale de São Conrado tem características peculiares, portanto, deixe para o piloto analisar e recomendar a hora e a condição para que você tenha a melhor experiência possível.

- Quantas fotos tiramos em voo? Como são entregues as imagens?
Usamos câmeras profissionais GoPro, que oferecem simultaneamente e de forma automática fotos panorâmicas em alta definição (12 M) a cada 10 segundos e filmam em alta definição (1920 x 1080 pixels) em diferentes ângulos (normalmente frontais e laterais). As GoPro filmam e fotografam em quase 180 graus de visual, gravando desde os procedimentos de rampa, decolagem, o voo inteiro e o pouso, ou seja, proporcionando um registro completo da experiência. As imagens são mostradas logo após o pouso e oferecidas ao cliente, e podem ser baixadas pela internet, ou opcionalmente baixadas para o seu smartphone ou gravadas em pen drive, memory card ou DVD disc.

- Quanto custa o voo? Como é a forma de pagamento?
Claro que um voo duplo de instrução é cobrado. Nossos equipamentos são importados, caros e necessitam de manutenção rigorosa e constante. E mais: para que o piloto atinja o nível de instrutor é preciso que ele se dedique integralmente à atividade angariando o máximo de experiência técnica e expertise, o que envolve gastos consideráveis. As aulas são pagas individualmente e preferencialmente em dinheiro. Aceitamos também cartões de crédito Visa e MasterCard, mas as promoções oferecidas e descontos para os pagamentos à vista não podem ser aplicados neste caso, pois as operadoras de cartões nos cobram taxas de serviço. Para saber mais sobre os custos, entre em contato.

Quer saber mais?
Fale conosco: info@flytourbrazil.com
Paulão: tel e whatsapp +5521 99984-5643
Ricardo: tel e whatsapp +5521 97040-7002
A FlyTourBrazil é a única recomendada pelo Guia Michelin, em sua seção Rio de Janeiro!